CD astrolabio.tucupira.com.brasil

COMPRE AQUI

Em seu segundo CD, o grupo MAWACA mapeia as artérias do coração brasileiro e lança no mercado um trabalho com músicas que unem as tradições africana, portuguesa, indígena, árabe, japonesa e italiana em arranjos fortes e totalmente acústicos.

O grupo MAWACA – considerado pela crítica a ‘revelação de 1998 da world music no Brasil’ – sempre se esmerou na mescla entre as sete vozes extremamente afinadas o grupo instrumental formado por violino, sanfona, clarone, fagote, cello, flauta e sax, além de berimbau, tablas, djembés e vibrafone.

Dentre as 19 faixas do CD astrolabio tucupira.com.brasil destacam-se canções como Ladainhas, uma fusão entre um pastoril do Nordeste e um tema anônimo medieval; Ó de casa, canto de congada do interior de São Paulo; Koitchangaré, melodia de ritual antropofágico dos índios Surui; um divertido Cacuriá maranhense, e as duas versões do tradicional canto de escravos Cangoma, cantada na década de 70 por Clementina de Jesus, além, é claro, de baiões e cirandas revisitados.

A união do canto e a percussão fazem papel importante neste CD que apresenta uma parceria inusitada dos Meninos do Morumbi com o vocal das cantoras do Mawaca nas faixas Tambores de Minas, Maracatus e Aguerê de Iansã, criando um som forte e pesado.

O CD traz participações especiais de Né Ladeiras, importante cantora da música tradicional de áreas rurais de Portugal; do cantor e compositor maranhense Tião Carvalho, responsável pela Festa do Boi em São Paulo; da participação do grupo de percussão Meninos do Morumbi, projeto social dirigido por Flavio Pimenta que envolve mais de 300 crianças das favelas próximas ao bairro do Morumbi; e do contrabaixista Célio Barros, vencedor do Prêmio Eldorado na faixa Roxinha da Sanabria.